top of page
Buscar
  • Foto do escritorEditora Pendragon

É Terror, mas eu prefiro!

Existem diferentes tipos de Terror e essa matéria vai te ajudar a definir aquele que mais lhe agrada!






Terror: É sobre o medo psicológico.

Horror: É a repulsa e desconforto físico visível.

Suspense: Busca as incertezas e mistérios de algum problema.

Thriller: É sobre perseguições, desaparecimentos e finais eletrizantes.



Terror


É sobre a condição de alguém que sente pavor de algo que causa pavor, ou seja, um medo extremo.

Tem o foco nos terrores da mente e no sobrenatural, além do desconhecido. Isso inclui neuroses e psicoses humanas.

É um gênero perfeito para quem quer experimentar o medo, aquele frio na espinha, mexer com os sentidos, pular de susto, além de questionar a sanidade.

Exemplo: O iluminado - Stephen King.


Horror


É sobre a repulsa visual, sentimento de nojo que é causado por alguma coisa medonha e pesada.

O foco principal dessas histórias é causar desconforto físico nas personagens, além de aversão, nojo e se aprofundar na parte grotesca do ser humano.

É tido como o submundo do terror, pois é no horror onde se encontra a perversidade humana explícita. Indicado para quem gosta de explorar níveis de perversidade e crueldade a violência gráfica.

Exemplo: Jantar Secreto – Raphael Montes


Suspense


É caracterizado como acontecimentos, situação e resolução que são esperados de forma impaciente causando aflição para o descobrimento final.

São história, na maioria das vezes, assustadores que pode ser de origem humana ou sobrenatural, que tem mistérios a serem revelados, crimes sem solução e segredos passados.

Indicado para quem gosta de investigação e histórias que trabalham com o medo e a curiosidade. Muitas das vezes há um plot twist, que não é regra. O principal elemento é: Um mistério a ser resolvido.

Exemplo: O Monstro Atrás da Porta – Landerson Rodrigues


Thriller


Aqui são aquelas histórias eletrizantes e frenéticas com foco na ação de forma a deixar os expectadores/leitores ansiosos pelos próximos passos.

Geralmente, envolve fugas, perseguições e corrida contra o tempo. Aqui, sabemos o assassino e a ameaça desde o início, mas não sabemos a resolução de tudo.

Ideal para pessoas que gostam de histórias rápidas e dinâmicas. Alguns tem mistérios, outros não. Porém, o foco principal é o embate entre a vítima e o algoz/perigo. É nesse subgênero onde se encontram a maioris dos slashers.

Exemplo: Pânico, Halloween, Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, Lenda Urbana, Sexta-Feira 13 e A Hora do Pesadelo.

Agora que você já sabe um pouco sobre o terror como um todo, me conta qual mais te agrada.




Landerson Rodrigues

Autor Pendragon

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page