One Piece: o maior mangá do mundo e cinco motivos para conhecer e acompanhar

April 2, 2016

     

 

    Quem está antenado na cultura pop sabe o que é anime. Os mais preguiçosos (ou não) chamam de desenho japonês, mas a realidade inegável é que eles são bons, fazem sucesso e vendem. Os nascidos no final da década de 80 e início de 90 se lembram do grande BOOM que foi quando a extinta e saudosa Rede Manchete iniciou a transmissão do que é ainda hoje chamado melhor anime de todos os tempos pelos fãs mais xiitas; Saint Seiya, ou Os Cavaleiros do Zodíaco. Em sua esteira vieram clássicos como Yu Yu Hakusho, Shurato, Samurai Warriors, dentre outros na própria emissora ou em rivais, como Dragon Ball, Fly, Pokemon e Digimon.


    Dragon Ball, aliás, vive na disputa entre os mais velhos de melhor anime, principalmente pelo sucesso que fez nas tardes da Band Kids e na TV Globinho em seguida. Porém, ali mesmo no início dos anos 2000, mal sabiam eles que um anime estava surgindo para quebrar todos os recordes antes alcançados e que ainda estavam por vir; One Piece.


    Criado pelo jovem Eiichiro Oda, a trama a princípio é bem simples. Um garoto chamado Monkey D. Luffy deseja ser o Rei dos Piratas em um mundo coberto pelo mar e ilhas. Para se tornar o rei, que é um desejo não só dele mas de todos os piratas, ele deve encontrar o One Piece, o lendário tesouro deixado pelo lendário pirata Gol D. Roger, executado pela marinha anos antes, na lendária ilha que fica no final do mar. Ao seu lado ele conta com companheiros que vai fazendo pelo caminho, como Roronoa Zoro, um espadachim que luta com três espadas, Nami, uma bela navegadora viciada em dinheiro e Usopp, um excelente atirador tão mentiroso que seu enorme nariz lembra o próprio pinóquio. Além disso, Luffy possui o poder da Gommu Gommu no Mi, a Fruta da Borracha, uma Akuma no Mi, ou fruta do Diabo, que tornou seu corpo em borracha, mas que o impede de nadar. Akumas no Mi estão espalhadas pelo mundo, dando a seus usuários os mais diversos e bizarros poderes.


    One Piece pode não ter feito um sucesso inicial no Brasil devido a fracassada primeira tentativa de passar na TV aberta. Apesar da dublagem até razoável, a versão nos apresentada foi censurada pela 4Kids nos Estados Unidos, que retalhou o desenho de maneira absurda. Por exemplo, as armas de fogo dos marinheiros foram substituidas por armas de rolha, o cigarro de Sanji, um lutador que mais tarde se tornaria o cozinheiro do bando, foi substituído por um pirulito, dentre outras bizarrices. Mesmo assim, a internet, o torrent e os fansubs trataram de trazer para o país de forma extra oficial o anime que hoje já é considerado, com razão, o maior de todos os tempos. E após essa introdução longa, irei listar X motivos para ler ou assistir One Piece.

 

1 – É a HQ (ou mangá) mais publicada no mundo: Em 2015, já eram mais de 300 milhões de exemplares e 77 volumes desde sua estreia, em 1997.

 

 

2 – Amizade: Para quem acompanha, o capitão do navio dos Chapéus de Palha, Luffy, preza muito a amizade. Ele sempre arrisca a própria vida em nome de seus companheiros de tripulação, amigos e até mesmo alguns inimigos.

 

3 – Comédia e Drama: A personalidade dos personagens nos brindam com situação de extrema comédia, como o vício de Luffy por carne, o desejo de Sanji por mulheres e a incapacidade de Zoro de não se perder. Mas também nos faz cair em lágrimas quando os flashbacks são apresentados, como a tragédia da mãe adotiva de Nami, da tripulação de Brook, a terra natal de Robin e até mesmo no funeral de um membro não vivo da tripulação.

 

4 – Longe do Fim: Alguns acham isso algo ruim, pois a história está longe do final. São mais de 800 capítulos do mangá e 700 episódio do anime até o momento, e muitos tem preguiça de inciar por conta disso. Porém devem pensar que, como a história só melhora, irá demorar para as pessoas terem aquele sentimento de desespero quando o fim está próximo.

 

5 – Assuntos Polêmicos: Como dito anteriormente, a trama a princípio é simples, porém a medida que a história avança, vai se tornando muito mais complexa. Os piratas não devem simpleste avançar em alto mar e navegar em determinada direção para achar o One Piece, o segredo está muito bem guardado e a marinha possui comandantes ferozes. E em cada arco, assuntos polêmicos e comuns em nosso mundo real são abordados; guerra, revolução, fome, miséria, crime organizado, tráfico de armas, escravidão, homofobia, dentre outros.

 

    Então, o que estão esperando? Larguem o preconceito de lado e mergulhem na maior aventura já escrita e desenhada na terra do sol nascente. Aprecie One Piece.
 

Please reload

Colunas
Posts Recentes